A HISTORIA

   É impossível contarmos a história do surgimento dos Lions Clubes, sem antes falarmos de Melvin Jones, um agente de seguros, nascido a 13 de janeiro de 1879, em Fort Thomas, Arizona, EUA, filho de John Calvin Jones e Lydia M. Gibler Miles.
   Este agente de seguros acreditava que seria possível a criação de uma associação, em que se ampliariam os horizontes, deixando de lado as preocupações apenas profissionais, na busca da melhoria de sua comunidade e do mundo.
   Ele que já pertencia a um Clube de Negócios, sentia que cada vez mais era preciso deixar a apatia de que estava sendo tomado todo o grupo, idealizou então, uma forma de dar um novo alento a estes homens bem sucedidos nos negócios.
   Assim, Melvin Jones com o apoio de sua esposa Rose Amanda Freeman, iniciou a formação da Associação, convidando inúmeros Clubes similares ao seu, com o objetivo de servir aos outros ao invés de servir a seus próprios sócios.
   Apesar de inúmeras respostas negativas, muitos outros se interessaram e em 7 de junho de 1917, no Hotel La Salle, em Chicago, Illinois, EUA, foi realizada a primeira reunião, onde foi adotado o nome Associação de Lions Clubes e marcou-se uma reunião nacional em 8, 9 e 10 de outubro de 1917, onde foram eleitos o presidente Sr. Willian P. Wood e o secretário-tesoureiro Sr. Melvin Jones, quando então a estrutura e a filosofia do Lions Clube começou a se formar.
   Na 2ª convenção de 1918, em Saint Louis, foi adotado o código de ética e em 1919, na 3ª convenção foi adotado os Objetivos do Lions.No Brasil o primeiro clube a ser fundado foi o Lions Clube do Rio de Janeiro, em 16 de abril de 1952, tendo a frente o patrono do leonismo no Brasileiro o CL Armando Fajardo.
   No Estado de São Paulo, o movimento teve inicio em 23 de julho de 1952, com a fundação do Lions Clube de São Paulo.
Em Colatina, o Lions Clube foi fundado em 26 de junho de 1965.

   CÓDIGO DE ÉTICA
      Demonstrar fé nos méritos da minha profissão esforçando-me para conseguir honrosa reputação, mercê da excelência dos meus serviços.
  • Lutar pelo êxito e pleitear toda remuneração ou lucro que, equitativa e justamente mereça, recusando, porém, aqueles que possam acarretar diminuição de minha dignidade, devido à vantagem injusta ou ação duvidosa.

  • Lembrar que, para ser bem sucedido nos negócios ou empreendimentos, não é necessário destruir os dos outros. Ser leal com os clientes e sincero comigo mesmo.

  • Decidir contra mim mesmo no caso de dúvida quanto ao direito ou à ética de meus atos perante meu próximo.

  • Praticar a amizade como um fim e não como um meio. Sustentar que a verdadeira amizade não é o resultado de favores mutuamente prestados, dado que não requer retribuição, pois recebe benefícios com o mesmo espírito desinteressado com que os dá.

  • Ter sempre presente meus deveres de cidadão para com minha localidade, meu Estado e meu País, sendo-lhes constantemente leal em pensamento, palavras e obras, dedicando-lhes desinteressadamente meu tempo, meu trabalho e meus recursos.

  • Ajudar ao próximo, consolando o aflito, fortalecendo o débil, e socorrendo o necessitado.
    Ser comedido na crítica e generoso no elogio, construir e não destruir.

   OBJETIVOS

  • Fomentar um espírito de compreensão entre os povos da terra.

  • Promover os princípios de bom governo e boa cidadania.

  • Interessar-se, ativamente, pelo bem-estar cívico, cultural, social e moral da comunidade.

  • Unir os clubes com laços de amizade, bom companheirismo e compreensão recíproca.

  • Promover um fórum para livre discussão dos assuntos de interesse público, excetuando-se os assuntos de ordem política e religiosa, os quais não devem ser discutidos pelos sócios do clube.

  • Encorajar pessoas de mentalidade de serviço a servir suas comunidades sem recompensa financeira pessoal, estimular a eficiência e promover elevado padrão de ética no comercio, industria, profissão, serviços públicos e empreendimentos privados.

   Além destes, que devem ser seguidos por todos os sócios, tem também como objetivo fundamental, a prestação de serviço pelo clube, primeiro à sua comunidade e depois aos carentes de outras partes do mundo. O ano inteiro, os Lions Clubes prestam serviço e proporcionam benefícios a milhares de pessoas em todo o mundo. Podemos dizer que os Lions Clubes realizam mais atividades e ajudam um maior número de pessoas ao redor do mundo, do que se possa imaginar.

   CORES, LEMAS E EMBLEMA
  As cores oficiais dos Lions são o roxo e o dourado que foram escolhidos em 1917.

   Para os Leões, a cor roxa representa lealdade ao país natal, aos amigos, a si mesmo e à integridade da mente e da alma e é também o símbolo da coragem, energia e dedicação a uma causa. O dourado simboliza sinceridade de propósito, imparcialidade de julgamento, simplicidade de vida e generosidade espiritual e material em relação aos seres humanos.

   O lema da Associação de Lions é "NÓS SERVIMOS" e a sigla LIONS significa:

  • Liberdade

  • Igualdade

  • Ordem

  • Nacionalismo

  • Serviço

   O emblema da Associação Internacional foi aprovado na Diretoria Internacional em 12 de abril de 1920 e tornado oficial em 31 de dezembro de 1921, tendo sido oficializado como símbolo obrigatório dos Lions Clubes.

   Este emblema mantém até hoje, absolutamente vivo o simbolismo que inspirou seus criadores, constituindo-se naquilo que, poder-se-ia chamar de propaganda    espiritual, a necessidade de fixar em um símbolo com características próprias, a síntese das aspirações e dos sonhos mais caros de uma coletividade. Neste emblema, um leão olha para o passado contemplando as glórias alcançadas e o outro para o futuro, analisando as possibilidades e oportunidades.

 

SOBRE O LIONS

ONDE HÁ UM LEÃO HÁ UMA NECESSIDADE

     Copyright © 2020 LIONS CLUBE DE COLATINA - Todos os Direitos Reservados.
    Av. Champagnat, 1521 - Adélia Giuberti, Colatina - ES, 29702-819 - Fone: (27) 99997-8399

Você é o
visitante: