Lions LC11_logo.png

A HISTÓRIA

   É impossível  contarmos  a  história  do  surgimento  dos  Lions Clubes, sem antes falarmos de Melvin Jones, um agente de seguros,  nascido  em  13  de  janeiro  de  1.879,  em  Fort  Thomas, Arizona, EUA, filho  de  John  Calvin Jones  e  Lydia  M. Gibler Miles.
  Este  agente  de  seguros  acreditava  que  seria  possível  a criação  de  uma  Associação,  em  que  se  ampliariam  os horizontes,  deixando  de  lado  as  preocupações  apenas profissionais, na busca da melhoria de sua comunidade e do mundo.
  Assim,  Melvin  Jones  com  o  apoio  de  sua  esposa  Rose Amanda  Freeman,  iniciou  a  formação  da  Associação, convidando  inúmeros  Clubes similares  ao  seu,  com  o  objetivo de  servir  aos  outros  ao  invés  de  servir  a  seus  próprios associados.
  Em 7 de junho de 1.917, na sala Leste do Hotel La Salle, em Chicago, Illinois, EUA, foi realizada a primeira reunião, onde foi  adotado o nome  Associação de Lions Clubes e marcou-se uma reunião  nacional em 8, 9 e 10 de outubro de 1.917,  foram  eleitos  o  Presidente  Dr.  William Perry Woods e o Secretário  Sr.  Melvin  Jones, quando então a estrutura e a filosofia  dos  Lions  Clubes  começaram a se formar ,  com a aprovação  dos  estatutos  e  regulamentos.
  Entre os  objetivos  adotados  no  início  da  sua  história  havia  um que  dizia,  “Nenhum  clube  terá  como  objetivo  a  melhoria financeira  de  seus  associados”.  Este  objetivo  de  servir  ao próximo  sem  fins  de  proveito  pessoal  permanece  até  hoje como  um  dos  principais  dogmas  da  Associação.
  Na 2ª  convenção  de  1.918,  em  Saint Louis,  Missouri, EUA, foi adotado o Código de Ética e em 1.919, na 3ª convenção em Chicago,  Illinois,  EUA,  foram  adotados  os  Objetivos  do  Lions.
  A  Associação só se tornou Internacional em 12 de março de 1.920, com a formação  do Lions Clube de Windsor,  na cidade de  Ontário,  no  Canadá.
  Nos anos de 1.926 e 1.927 foram fundados Clubes de Lions na  China,  no  México  e  em  Cuba.
  O primeiro Clube de Lions  sul-americano  foi  fundado  na Colômbia,  em  1.936.
  O primeiro Lions Clube europeu  foi  organizado  em  24  de março  de  1.948,  em  Estocolmo,  Suécia.
  No Brasil o primeiro Lions Clube, fundado em 16 de abril de 1.952,  foi  o  Lions  Clube  Rio  de  Janeiro  Mater,  na  cidade  do  Rio de Janeiro, tendo à frente o patrono do leonismo brasileiro o CL  Armando  Fajardo.
  Em 23 de julho  de 1.952, foi  fundado  o Lions Clube de São Paulo  e  em  21  de  março de  1.953,  foi  fundado  na  Bahia  o Lions  Clube  de  Salvador.
  Em  16  de  janeiro  de  1.957,  foi  fundado  em  Vitória,  o  Lions Clube  Vitória,  primeiro  Clube  de  Lions  do  Espírito  Santo.
  Em Colatina, foi  fundado  em 26 de junho  de 1.965, o Lions Clube  Colatina,  hoje  Lions  Clube  Colatina  Centro.
  Em 14 de abril de 1.984, na cidade de Cabo Frio, no Rio de Janeiro,  foi  fundado  o  Distrito L-30,  hoje  Distrito  LC-11.
  Em  04  de  julho  de  1.987,  no  AL  1.986/1.987,  na  70ª Convenção Internacional de Taipé, em Taiwan, na China, foi aprovado  o  ingresso  da  mulher  como  Companheira  Leão.
  No ano de 2.007 teve  início  a afiliação familiar,  incentivando a participação  da  família no Lions.
  A sede  da  Diretoria  Internacional  fica  em Oak Brook no Estado 17 de  Illinois,  nos  Estados  Unidos.
  A sede  administrativa  do  Distrito  LC-1 1  fica  na  cidade  de Guarapari,  no  Estado  do  Espírito  Santo.
  Todos  os  mandatos  no  Lions  têm  a  duração  de  um  ano.
  O Ano Leonístico  corresponde  ao  ano  civil  americano  que começa  em  1º  de  julho  e  termina  em  30  de  junho.
  A  maior  autoridade leonística do mundo é o Presidente Internacional.
  Existem  ainda  32  Diretores  Internacionais,  distribuídos  por região  e  que  representam  os  países  membros.
  No Brasil, temos  os  quatros  Presidentes dos  Conselhos de Governadores (CC) do Distritos Múltiplos (LA, LB, LC e LD) que são os órgãos máximos administrativo e representativo do Leonismo  brasileiro.
  Os Distritos têm  nos  Governadores sua  maior autoridade  e estes  organizam  seus  Gabinetes Distritais da  seguinte  forma:
  - Governador;

   - Ex-Governador Imediato;

   - Vice-Governadores;

   - Secretário;

   - Tesoureiro;

   - Presidente de Região;

   - Presidente de Divisão;

   - Coordenadores GMT ,  GST ,  GLT ,  LCIF e;

   - Presidentes de Clubes.
  Os  Distritos  são  regidos  por  Estatutos  e  Regulamentos próprios, com base nos Esttutos da Associação
Internacional  de  Lions  Clubes, devidamente  registrados  em Cartório  de  Títulos  e  Documentos.
  Atualmente, a  Associação está  representada  em  quase  todos os países do mundo. Em todos  os Continentes ela trabalha por intermédio  de centenas  de milhares de Leões de todas  as nacionalidades e crenças.